Notícia da BBC Brasil de 24 de maio de 2004

http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2004/05/040523_narizml.shtml

'Nariz eletrônico' pode diagnosticar infecções

Cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, desenvolveram um aparelho eletrônico para ser colocado no nariz e que é capaz de diagnosticar infecções respiratórias.

O "nariz eletrônico" compara "impressões olfativas" da respiração de um paciente com valores padronizados.

O médico, então, é capaz de dizer se o paciente está com alguma infecção bacteriana e determinar qual é o seu tipo, para então prescrever os antibióticos adequados.

A equipe de cientistas, que apresentou o aparelho no encontro anual da Associação Americana Bronco-Esofagológica afirma que o aparelho é mais rápido, mais barato e mais fácil de ser usado do que os métodos de diagnóstico atuais.

Comentário

Esta notícia é mais um exemplo que o sinal do Avanço da Ciência e Tecnologia, previsto pelo profeta Daniel em Daniel 12:4 está se cumprindo:

  • Daniel 12:4
    "Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará."

Eu, particularmente, estou trabalhando numa tese de mestrado muito parecida com esta notícia na Universidade Mackenzie, onde estamos criando um modelo matemático-computacional artificial do sistema olfatório humano. O objetivo é ajudar às pessoas que hoje sofrem com lesões na parte do olfato a voltarem a reconhecer alguns odores. Espero, em nome de Jesus, contribuir para ajudar a estas pessoas.

Estudando os detalhes do cérebro humano, dos neurônios, das células olfatórias e do córtex olfatório (área do cérebro responsável pelo processamento dos odores), eu fico maravilhado com os detalhes de como Deus nos fez de maneira perfeita. Deus pensou em cada detalhe, desde quando respiramos até quando o nosso cérebro reconhecer o odor ou aprende um novo odor. Deus realmente fez o ser humano à sua imagem e semelhança. O caminho de Deus é realmente perfeito.

E o mais curioso é que podemos tentar mas jamais poderemos criar um modelo artificial perfeito. Isto porque só Deus pode soprar o espírito, a vida. Nós homens, podemos até contribuir com nossa tecnologia, mas jamais poderemos sequer tornar um fio de cabelo branco, como faz o Senhor Deus.

Gostaria somente de comentar que a tecnologia jamais é pecado, desde que usada para o bem e não para o mal; desde que contribua para vida e não para a morte.

A tecnologia em avanço desenfreado é mais um sinal de que o fim dos tempos já começou.

A Paz do Senhor a todos!

Outras notícias relacionadas ao mesmo tema:

04/05/2004 - Britânicos querem criar dentes a partir de células-tronco

08/02/2004 - Bayer Seeds quer produzir sementes transgênicas no País

27/01/2004 - Opportunity fotografa base rochosa do solo marciano

Últimas Notícias