Notícias do jornal "O Estado de São Paulo" de 17 de novembro de 2004

http://www.estadao.com.br/ciencia/noticias/2004/nov/17/64.htm

Avião da Nasa atinge 10 vezes a velocidade do som

Los Angeles, EUA - Um pequeno avião teleguiado sobrevoou o Oceano Pacífico a quase 10 vezes da velocidade do som, ou quase 11.700 km/h. O X-43A, de 3,6 metros de comprimento, demonstrou a viabilidade de uma nova tecnologia, a do "scramjet", um sistema que usa o oxigênio do ar para sustentar a queima do combustível em velocidades muito superiores à do som. O nome "scramjet" é uma contração da expressão jato de combustão supersônica.

O scramjet poderá representar uma alternativa mais leve e barata que os foguetes para o lançamento de cargas ao espaço, já que um foguete não utiliza o ar da atmosfera para queimar combustível, e precisa carregar tanques de oxigênio com esse fim.

Segundo o engenheiro Randy Voland, da equipe de propulsão scramjet da Nasa, o X-43A chegou a, pelo menos, 9,6 vezes a velocidade do som, ou Mach 9,6. O aparelho voou por conta própria por 10 segundos, depois de se separa de um foguete a 33.000 metros de altitude. O X-43A decolou montado sobre um foguete Pegasus, por sua vez carregado sob a asa de um avião B-52.

A tecnologia do scramjet provavelmente será usada primeiro em aplicações militares, como um bombardeiro capaz de atingir qualquer ponto da Terra em duas horas, ou em mísseis. Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

O homem tem chegado a lugares antes teoricamente impossíveis de serem alcançados há pouco tempo atrás. Inclusive existe uma frase muito curiosa de um dos astronautas que pisaram em solo lunar, que veio inclusive comprovar a profecia bíblica sobre o aumento das viagens e da tecnologia. O astronauta disse, ao pisar em solo lunar: "Um pequeno passo para meu pé, mas um grande passo para a humanidade".

A intenção da Nasa é obter velocidades de vôo capazes de reduzir o tempo de viagem a outros planetas do sistema solar.

Esta revelação já foi dada para Daniel da parte de Deus: nos últimos dias, a ciência se multiplicaria e o homem viajaria para toda parte. Está em Daniel 12:4:

"Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará."

Este é mais um sinal de que a segunda vinda de Cristo está muito próxima. Estude mais sobre a tecnologia e o fim dos tempos clicando aqui.

Estude sobre os sinais do tempo do fim clicando aqui.

A Paz do Senhor a todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

20/09/2004 - Nasa prevê missão tripulada a Marte em 20-30 anos

06/08/2004 - Equipe canadense anuncia lançamento ao espaço para outubro

26/07/2004 - Stephen Hawking descarta buraco negro como portal para outros universos

01/07/2004 - Célula-tronco humana reverte Parkinson em ratos

17/06/2004 - Empresa brasileira lança biomembrana inédita

11/06/2004 - Spirit acha alta concentração de sal em Marte

24/05/2004 - 'Nariz eletrônico' pode diagnosticar infecções

04/05/2004 - Britânicos querem criar dentes a partir de células-tronco

08/02/2004 - Bayer Seeds quer produzir sementes transgênicas no País

27/01/2004 - Opportunity fotografa base rochosa do solo marciano

Últimas Notícias