Notícia do jornal "O Estado de São Paulo" de 19 de novembro de 2004

http://www.estadao.com.br/agestado/noticias/2004/nov/19/28.htm

Sharon abre mão de condições para negociar paz com palestinos

Jerusalém - O primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, deu a entender que está disposto a esquecer sua principal exigência para voltar a negociar a paz com palestinos - a de que sejam desmantelados os grupos militantes.

Ainda que deseje ver esses grupos desfeitos, Sharon reconhece que qualquer ação nesse sentido seria "complicada". Para ele, os atuais esforços palestinos para deter ações contra Israel é um sinal adequado de boa vontade.

Os palestinos tem se negado a enfrentar os militantes por medo de que ocorra uma guerra civil. O tema é um dos principais obstáculos à retomada das negociações de paz com Israel.

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

Desde a morte do líder palestino Yasser Arafat, a situação caótica continua prevalecendo no oriente médio. Nem Ariel Sharon tem um foco definido para tentar negociar qualquer acordo de paz em Israel. Ou seja, as lideranças palestinas e judaicas estão literalmente perdidas diante dos conflitos na região.

Portanto, fiquem atentos porque o cenário já está montado. A qualquer momento poderá surgir o anticristo. As profecias bíblicas dizem claramente em Daniel 9:27, que o anticristo será o único homem capaz de fazer um acordo de paz com Israel, enganando ao mundo todo, iniciando o período de sete anos de Tribulação:

  • Daniel 9:27
    "Este rei fará um acordo com o povo, de sete anos; mas depois de decorrer metade desse tempo, denunciará o tratado e proibirá os judeus de fazerem qualquer sacrifício ou oferta; posteriormente, como cúmulo das suas terríveis acções, o inimigo profanará completamente o santuário de Deus. Mas quando chegar o tempo determinado nos planos de Deus, o julgamento do Senhor será derramado sobre esse assolador visão de Daniel de um homem."

A Paz do Senhor a Todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

11/11/2004 - Anunciada oficialmente a morte de Arafat

07/09/2004 - Israel recomeça a construção de muro de separação

11/08/2004 - Israel ataca cidade ao sul da Faixa de Gaza

29/07/2004 - Muro de Israel vai invadir a Cisjordânia, diz governo

23/03/2004 - Além de Arafat, chefe do Hezbollah também é alvo de Israel

05/03/2004 - Maioria israelense não confia em Sharon. Pede sua renúncia

11/02/2004 - Quatro palestinos mortos em conflito em Gaza

09/02/2004 - Palestinos ameaçam proclamar seu Estado independente

25/11/2003 - Israel prevê "Plano de Paz" sem a criação do Estado Palestino

Últimas Notícias