Notícias do jornal "O Estado de São Paulo" de 06 de abril de 2005

http://www.estadao.com.br/internacional/noticias/2005/abr/06/13.htm

Curdo Jalal Talabani é o novo presidente do Iraque

Bagda - Na quarta sessão da Assembléia Nacional - Parlamento iraquiano - realizada nesta quarta-feira, o líder curdo Jalal Talabani foi eleito novo presidente do Iraque. O Parlamento também escolheu como vice-presidentes, Ghazi Al-Yawar (árabe sunita) - chefe de Estado que está deixando o cargo - e o ministro das Finanças que também está saindo, Adel Abdel Mahdi (xiita).

Talabani, líder da União Patriótica do Curdistão será o primeiro curdo a presidir Iraque na história do país. O cargo tradicionalmente foi ocupado por representantes da minoria sunita. A nomeação do presidente e dos dois vice-presidentes é um passo essencial para a formação do governo, segundo especialistas.

Falta ser nomeado o primeiro-ministro, que previsivelmente será o xiita confessional Ibarahim Al-Jaafari. A sessão de hoje, da qual participaram 258 dos 275 deputados do Parlamento, foi realizada sob estritas medidas de segurança na "zona verde", fortaleza que abriga as embaixadas dos EUA e do Reino Unido, assim como as instalações do governo interino iraquiano.

A Polícia iraquiana e tropas americanas fecharam nas primeiras horas desta manhã duas pontes que levam à zona verde, enquanto impediam a circulação de automóveis e motos nas principais bairros vizinhos. Vários postos de controle também foram montados em praças e avenidas da capital iraquiana, enquanto helicópteros americanos sobrevoavam as áreas próximas à zona verde.  Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

O Iraque tem um papel importantíssimo no final dos tempos que é este: o anticristo governará o mundo por sete anos a partir da Babilônia reconstruída. A Babilônia está situada a 80km de Bagdá, no Iraque e foi totalmente reconstruída por Saddam Hussein.

O caminho já foi aberto para que o anticristo venha a estabelecer governo no Iraque. A saída de Saddam do poder foi o primeiro passo. Com Saddam, jamais seria possível o Iraque aderir a um governo mundial. Saddam Hussein jamais permitiria que isto acontecesse em seu território.

Outro passo se cumpre hoje, com a eleição de um novo presidente iraquiano que não tem as mesmas características de Saddam. Ou seja, facilitará o convencimento por parte do anticristo para estabelecer seu governo a partir da Babilônia reconstruída.

O próximo passo será o surgimento do anticristo, que seduzirá o governo iraquiano atual para enfim estabelecer seu governo satânico mundial de sete anos a partir da Babilônia.

Os eventos continuam se encaixando exatamente de modo a cumprir as profecias bíblicas do final dos tempos. Somente Jesus Cristo, em seu aparecimento glorioso, derrotará o anticristo e iniciará o seu governo de verdadeira paz sobre a terra que durará mil anos.

A Paz do Senhor a todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

08/10/2004 - Bush insiste: derrubar Saddam foi "a coisa certa"

30/06/2004 - Ministro iraquiano defende execução de Saddam

30/06/2004 - Governo do Iraque assume amanhã custódia de Saddam

01/06/2004 - Conselho de Governo do Iraque se dissolve

16/12/2003 - Prisão de Saddam Hussein - por que este fato se encaixa no contexto do final dos tempos?

  Últimas Notícias