Notícia do jornal "O Estado de São Paulo" de 27 de outubro de 2005

http://www.estadao.com.br/internacional/noticias/2005/out/26/132.htm

Presidente do Irã diz que Israel é "mancha vergonhosa"

Teerã - novo presidente ultraconservador do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, rompeu seu silêncio em relação a Israel e afirmou que o Estado judeu é uma "mancha vergonhosa", que deveria ser "eliminada do mapa", estabelecendo um rumo na política externa que contrasta fortemente com seu predecessor moderado.

Resgatando um discurso usado pelo líder da revolução islâmica do Irã, aiatolá Ruhollah Khomeini, que pediu reiteradamente pela destruição de Israel, Ahmadinejad também chamou o país de uma entidade "fabricada", o que certamente irá provocar o aumento da pressão ocidental contra o programa nuclear iraniano.

O presidente linha-dura criticou vizinhos árabes do Irã no Golfo Pérsico, que fizeram gestos amistosos em suas relações com Israel depois da retirada israelense da Faixa de Gaza, em setembro.

"Qualquer um que reconhecer Israel irá queimar no fogo da fúria da nação islâmica; qualquer (líder islâmico) que reconhecer o regime sionista está admitindo a rendição e a derrota do mundo islâmico", disse Ahmadinejad a milhares de estudantes, durante uma conferência em Teerã chamada "O Mundo sem Sionismo".

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

A notícia acima denuncia indícios de que a profecia de Ezequiel 38:2-6 esteja prestes a se cumprir. Em Ezequiel 38:2-6, o Senhor afirma que Gogue, Magogue e seus aliados tentarão uma invasão a Israel no final dos tempos:

"Filho do homem, dirige o teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque, e Tubal, e profetiza contra ele. E dize: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal. E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos, e te levarei a ti, com todo o teu exército, cavalos e cavaleiros, todos vestidos com primor, grande multidão, com escudo e rodela, manejando todos a espada. Persas, etíopes, e os de Pute com eles, todos com escudo e capacete Gômer e todas as suas tropas; a casa de Togarma, do extremo norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo.

Segundo os historiadores, estes povos correpondem a:

Gogue e Magogue: Rússia
Persas: Países Árabes
Etíopes: Etiópia
Pute: Líbia

Gômer e Togarma: Turquia e muito provavelmente o Irã, pois estes povos correspondem aos territórios destes dois países atuais

Portanto, a Bíblia cita que a Rússia, em articulação com os países acima, tentarão invadir Israel em um determinado momento próximo. O presidente russo Putin obviamente visita Israel para passar uma falsa impressão de amizade para com os judeus. Mas sabemos, por episódios como o da escola de Beslan, qual é a personalidade do líder russo.

A Palavra jamais mente. Fiquemos atentos aos acontecimentos a serem desenrolados na Terra Santa. Em Ezequiel 38 e 39, o Senhor protegerá Israel de maneira sobrenatural, fazendo com que seus invasores sejam humilhados e derrotados.

Clique aqui e aprenda mais sobre este sinal do fim dos tempos.

Estude os sinais do tempo do fim, clicando aqui.

A Paz do Senhor a Todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

27/04/2004 - Vladimir Putin chega a Israel em visita histórica

24/03/2005 - Kadafi ridiculariza israelenses e palestinos em cúpula árabe

01/03/2005 - Rússia se diz obrigada a ajudar programa nuclear iraniano

18/02/2004 - Putin promete mais e melhores armas para a Rússia

19/12/2003 - Kadafi promete abandonar armas proibidas, diz Blair

Últimas Notícias