Notícia do jornal "O Estado de São Paulo" de 20 de outubro de 2006

http://www.estadao.com.br/ultimas/mundo/noticias/2006/out/20/25.htm

"Israel foi criado para engolir a região", diz Ahmadinejad

Líder iraniano também acusou Israel de ser "uma entidade ilegal, falsa, imposta sobre os povos da região e que não deveria existir"

TEERÃ - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou nesta sexta-feira que "a entidade sionista (Israel) foi criada para engolir a região" e acusou o Ocidente de "atacar tudo o que é santo enquanto impede a discussão sobre o holocausto judeu".

Num ato por ocasião do Dia Mundial de Solidariedade ao Povo Palestino, Ahmadinejad disse que Israel "foi plantado no Oriente Médio para atacar e assassinar inocentes e manter a região num estado de ameaça contínua para permitir o controle das grandes potências".

"A imposição da hegemonia ocidental sobre o mundo é um assunto muito grave", acrescentou Ahmadinejad, falando a centenas de iranianos em Teerã. Além disso, comentou que "alguns países ocidentais são prisioneiros da entidade sionista" desde a II Guerra Mundial.

"Quando acabarão estas relações baseadas na II Guerra Mundial?", indagou. O líder iraniano também acusou Israel de ser "uma entidade ilegal, falsa, imposta sobre os povos da região e que não deveria existir", segundo a agência oficial "Irna".

Durante a manhã desta sexta-feira, centenas de iranianos começaram a marchar rumo à praça de Enghelab ("Revolução"), para comemorar a data, liderados por Ahmadinejad. Toda sexta-feira, o presidente iraniano discursa na praça, apresentando a posição oficial do regime.

Os participantes da manifestação levavam cartazes de apoio à Palestina e de condenação a Israel. Os meios de comunicação iranianos há vários dias vinham transmitindo anúncios de entidades políticas, sociais e esportivas convocando para a manifestação desta Sexta-feira.

"Viemos participar da manifestação para mostrar nosso apoio ao povo palestino e condenar os crimes do regime sionista", disse uma participante, vestida com a tradicional túnica iraniana. A imprensa iranianas informou que houve manifestações em várias cidades para celebrar o "Dia de al-Quds" (nome árabe de Jerusalém).

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

O presidente iraniano continua a afrontar Israel abertamente, o que torna o clima no Oriente Médio cada vez mais tenso. Sem dúvida, é tempo de orarmos por Israel e de vigiarmos mais ainda, porque o cenário para o cumprimento dos eventos finais culminando com a Volta de Jesus Cristo está sendo montado rapidamente.

Vemos, por esta e por notícias anteriores que o Irã não abandonará as experiências nucleares e que tem uma aliada de peso: a Rússia.

A aliança inimiga prevista em Ezequiel 38 que tentará invadir Israel no final dos tempos já é uma realidade. O Irã tem aliança sólida com a Rússia e comprova que tal aliança de Ezequiel 38 já existe hoje e está em plena atividade.

Ezequiel 38:2-6, conforme Deus revela ao profeta Ezequiel:

"Filho do homem, dirige o teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque, e Tubal, e profetiza contra ele. E dize: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal. E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos, e te levarei a ti, com todo o teu exército, cavalos e cavaleiros, todos vestidos com primor, grande multidão, com escudo e rodela, manejando todos a espada. Persas, etíopes, e os de Pute com eles, todos com escudo e capacete Gômer e todas as suas tropas; a casa de Togarma, do extremo norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo."

Segundo os historiadores, estes povos correpondem a:

Gogue e Magogue: Rússia
Persas: Países Árabes (inclusive o Irã)
Etíopes: Etiópia
Pute: Líbia
Gômer e Togarma: Turquia e Irã, pois estes povos correspondem aos territórios destes destes dois atuais países

Em breve, acontecimentos importantíssimos tomarão lugar, o que indica para nós que o Arrebatamento está iminência de ocorrer.

Nota: Queremos deixar claro que não temos nada contra o povo iraniano, chinês ou qualquer outro povo de origem árabe ou russa. Os acontecimentos aqui citados dizem respeito a governos, líderes, manobras políticas vindas de governantes, e não ao povo em geral. Nosso papel é alertar a respeito do cumprimento das profecias bíblicas que antecedem o Arrebatamento, a Tribulação e o Aparecimento Glorioso de Cristo.

Clique aqui e aprenda mais sobre este sinal do fim dos tempos.

Estude os sinais do tempo do fim, clicando aqui .

A Paz do Senhor a Todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

25/09/2006 - Vice-presidente do Irã viaja à Rússia para assinar acordo nuclear

25/08/2006 - Israel se prepara para iminência de guerra contra Síria e Irã

23/08/2006 - Resposta "complexa" do Irã pode causar racha no Conselho de Segurança

03/08/2006 - Presidente do Irã diz que solução do Oriente Médio é fim de Israel

01/08/2006 - Irã rejeita resolução da ONU sobre urânio

02/05/2006 - Irã anuncia novo processo nuclear e ameaça Israel

24/04/2006 - Irã considera retirada de Tratado de Não-proliferação Nuclear

12/04/2006 - EUA querem "fortes medidas" contra o Irã

15/03/2006 - Irã anuncia acordo com a Rússia para encerrar polêmica nuclear

20/02/2006 - Irã e Rússia iniciam negociações sobre programa nuclear

11/01/2006 - EUA e Europa criticam retomada de programa nuclear do Irã

14/12/2005 - Presidente iraniano diz que Holocausto é um mito

17/11/2005 - Irã reconhece que satélite é capaz de espionar Israel

27/10/2005 - Presidente do Irã diz que Israel é "mancha vergonhosa"

27/04/2004 - Vladimir Putin chega a Israel em visita histórica

24/03/2005 - Kadafi ridiculariza israelenses e palestinos em cúpula árabe

01/03/2005 - Rússia se diz obrigada a ajudar programa nuclear iraniano

18/02/2004 - Putin promete mais e melhores armas para a Rússia

19/12/2003 - Kadafi promete abandonar armas proibidas, diz Blair

Últimas Notícias