Notícia do jornal "O Estado de São Paulo" de 22 de novembro de 2006

http://www.estadao.com.br/ultimas/mundo/noticias/2006/nov/22/74.htm

Israel aprova ataques mais contundentes contra Gaza

Nas últimas semanas, cerca de cem palestinos morreram na Faixa de Gaza, a maioria deles na invasão israelense da localidade de Beit Hanoun, no extremo norte

JERUSALÉM - O gabinete de segurança israelense aprovou na manhã desta quarta-feira ataques militares mais contundentes que os lançados até agora contra a Faixa de Gaza, informou a rádio pública Israelense.

Segundo a emissora, durante a reunião, o ministro da Defesa israelense, Amir Peretz, explicou os princípios da luta do Exército em Gaza.

Os pontos principais estipulados por Peretz são a luta contra os palestinos que disparam os foguetes e os esforços para evitar o fortalecimento do Hamas e para frear a entrada de armas em Gaza.

Nas últimas semanas, cerca de cem palestinos morreram na Faixa de Gaza, a maioria deles na invasão israelense da localidade de Beit Hanoun, no extremo norte da Faixa de Gaza, perto do local onde milicianos palestinos costumam disparar foguetes contra Israel.

Por enquanto, parece que o Ministério da Defesa de Israel descartou uma invasão em massa da Faixa de Gaza, uma opção que as autoridades militares israelenses defendem.

Peretz afirmou que ordenou às forças de segurança aumentar o ritmo do desenvolvimento tecnológico para interceptar foguetes.

Yakov Yakobov, um israelense de 40 anos da localidade de Sderot, morreu na terça-feira à noite após ser atingido horas antes por um foguete Qassam. Trata-se da décima pessoa a morrer pelo impacto dos foguetes desde que estes começaram a ser empregado pelas milícias palestinas em Gaza, há quatro anos.

Na manhã desta quarta-feira, milicianos palestinos dispararam pelo menos quatro foguetes contra Israel, sem deixar vítimas.

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

Infelizmente o caos continua na região da Palestina. Mesmo considerando que o Hamas e o Hezbollah são organizações terroristas que devem ser combatidas, muitos inocentes palestinos, israelenses e libaneses foram mortos entre os inúmeros conflitos entre as organizações terroristas e o exército israelense.

Tanto as organizações terroristas quanto o exército israelense são responsáveis pelas mortes na região. Percebemos, pelos noticiários diários sobre Israel que ambos os lados se mostram desorientados e tomam decisões apressadas e radicais que resultam em mais e mais mortes tanto para o povo israelense como para palestinos e povos de nações vizinhas, que muitas vezes não estão diretamente ligados às organizações terroristas.

Por isso é altamente necessário orarmos pela paz em Jerusalém (Salmos 122:6). Deus quer o povo judeu tendo um reencontro com o verdadeiro Messias, que é Jesus Cristo. Somente Jesus poderá trazer a paz definitiva a Israel e cumprir tudo que está escrito no livro de Zacarias acerca da restauração total não só do povo judeu, mas de todos os povos em volta de Israel também.

Só que antes disso virá um falso messias, o anticristo que em breve, proporá um acordo de paz com Israel em Daniel 9:27, iniciando o período de Tribulação, enganando a todos.

Concluimos que o Arrebatamento está realmente muito próximo de ocorrer.

É fundamental orarmos e vigiarmos em dobro pois os eventos estão convergindo exatamente para o ponto de cumprimento do literal do livro de Apocalipse. Jesus está realmente voltando!

Estude os sinais do tempo do fim, clicando aqui.

A Paz do Senhor a Todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

20/10/2006 - "Israel foi criado para engolir a região", diz Ahmadinejad

25/08/2006 - Israel se prepara para iminência de guerra contra Síria e Irã

23/08/2006 - Resposta "complexa" do Irã pode causar racha no Conselho de Segurança

03/08/2006 - Presidente do Irã diz que solução do Oriente Médio é fim de Israel

01/08/2006 - Irã rejeita resolução da ONU sobre urânio

02/05/2006 - Irã anuncia novo processo nuclear e ameaça Israel

24/04/2006 - Irã considera retirada de Tratado de Não-proliferação Nuclear

12/04/2006 - EUA querem "fortes medidas" contra o Irã

15/03/2006 - Irã anuncia acordo com a Rússia para encerrar polêmica nuclear

20/02/2006 - Irã e Rússia iniciam negociações sobre programa nuclear

11/01/2006 - EUA e Europa criticam retomada de programa nuclear do Irã

14/12/2005 - Presidente iraniano diz que Holocausto é um mito

17/11/2005 - Irã reconhece que satélite é capaz de espionar Israel

27/10/2005 - Presidente do Irã diz que Israel é "mancha vergonhosa"

27/04/2004 - Vladimir Putin chega a Israel em visita histórica

24/03/2005 - Kadafi ridiculariza israelenses e palestinos em cúpula árabe

01/03/2005 - Rússia se diz obrigada a ajudar programa nuclear iraniano

18/02/2004 - Putin promete mais e melhores armas para a Rússia

19/12/2003 - Kadafi promete abandonar armas proibidas, diz Blair

Últimas Notícias