Notícia do jornal "O Estado de São Paulo" de 13 de dezembro de 2006

http://www.estadao.com.br/ultimas/mundo/noticias/2006/dez/13/39.htm

Saddam será executado e enterrado em segredo, diz jornal

  Diário diz que ex-ditador será executado no mesmo dia de seu meio-irmão e de um ex-juiz; eles foram condenados pela morte de 182 mil curdos entre 1987 e 1988 

EFE - O ex-presidente iraquiano Saddam Hussein será executado e enterrado em um lugar secreto depois que o tribunal de apelação ratificar a sentença contra ele, segundo a edição desta quarta-feira do jornal iraquiano Sabah.

Saddam, seu meio-irmão, Barzan al-Tikriti, e o ex-juiz Awad al-Bandar foram condenados à morte em novembro pela execução sumária de 148 xiitas iraquianos após um atentado contra o ex-ditador em 1982 na cidade de Dujail, ao norte de Bagdá.

Outros quatro de seus ex-assessores receberam penas de entre 17 anos e prisão perpétua, também pelo massacre de Dujail.

"A Justiça analisa agora a possibilidade de aplicar a sentença, imediatamente após sua ratificação. Saddam, Barzan e Badar serão executados, provavelmente, no mesmo dia", afirmou um responsável judicial ao jornal.

A fonte acrescentou que "Saddam será enterrado em um lugar secreto e seu corpo será entregue a sua família mais tarde".

Segundo as leis iraquianas, as penas de morte devem ser aplicadas 30 dias após serem ratificadas pelo tribunal de apelação.

Saddam e outros seis ex-colaboradores também são julgados pelo Tribunal Penal Iraquiano pelo genocídio contra o povo curdo na campanha militar Al-Anfal. A ofensiva militar foi lançada pelo Exército do regime do ex-ditador contra o Curdistão, no norte do Iraque, entre 1987 e 1988.

Segundo a Promotoria iraquiana, cerca de 182 mil curdos morreram ou desapareceram durante a campanha e quatro mil aldeias foram destruídas.

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

Complementando a notícia publicada no dia 05/11/2006 aqui no site do Ministério, a confirmação da execução de Saddam Hussein finalmente o remove do cenário político do Oriente Médio.

O caminho para que o anticristo no futuro governe o mundo no período de Tribulação a partir da Babilônia reconstruída está finalmente aberto. O governo iraquiano atual é bem mais flexível e facilitará toda a diplomacia da entrada do anticristo na Babilônia futuramente para sediar seu governo mundial.

Extraído da notícia do dia 01/11/2006:

O Iraque tem um papel profético fundamental no final dos tempos, porque será de lá que o anticristo estabelecerá seu governo mundial, por sete anos. A Babilônia, situada a 80km de Bagdá, aparece muitas vezes no livro do Apocalipse como a cidade-sede do governo do anticristo. Algumas linhas teológicas até sugerem que a "Babilônia" mencionada não seria literalmente a Babilônia, situada no Iraque, mas alguma cidade no mundo que tenha forte economia e estrutura para uma sede de governo mundial. Porém, os eventos indicam se tratar de uma Babilônia literal, conforme diz a Palavra. Não é por acaso que o Iraque tem sido centro das atenções mundiais nos últimos 3 anos.

A Babilônia já foi reconstruída por Saddam Hussein e inaugurada ao público desde 1983. O anticristo entrará no cenário mundial em breve propondo e realizando falsos sinais, soluções mirabolantes e provavelmente apaziguará todo este conflito no Oriente Médio, enganando a todos e se passando por um excelente diplomata. O caminho está aberto no Oriente Médio para o cumprimento das profecias.

Percebam que os sinais continuam acontecendo e convergindo para exatamente o que está escrito na Palavra de Deus.

Três são os passos para o anticristo estabelecer o governo mundial a partir da Babilônia, no atual Iraque. Os passos 1 e 2 da profecia já foram realizados. Falta somente o passo 3, que se cumprirá após o Arrebatamento da Igreja:

  1. A saída de Saddam Hussein do cenário político mundial - passo concluído com a prisão de Saddam e confirmado com seu julgamento e condenação;
  2. A formação do novo governo iraquiano - passo já concluído com o novo governo provisório (pós-queda de Saddam Hussein) e depois consolidado com as eleições gerais de 12 de dezembro de 2005;
  3. O surgimento do anticristo e seu levante como governador mundial - próximo passo a ser concluído

Mas tenho também uma ótima notícia: Jesus Cristo, o legítimo Ungido, em seu Aparecimento Glorioso, derrotará o anticristo fulminantemente e estabelecerá seu reino milenar de paz sobre a terra. Jesus assim disse em Mateus 28:18:

"E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra."

Aceite Jesus em sua vida como seu Único Senhor e Salvador, e seja mais que vencedor, assim como Ele é!

A Paz do Senhor a todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

05/11/2006 - Saddam condenado à morte por enforcamento

01/11/2006 - Iraque está a beira do caos, afirma documento militar

26/07/2006 - Saddam pede para ser morto a tiros em caso de condenação

21/06/2006 - Advogado de Saddam é assassinado em Bagdá

06/12/2005 - Iraque adota medidas de segurança para as eleições

23/06/2005 - Atentados em série deixam 15 mortos no Iraque

25/04/2005 - EUA pressionam Iraque a formar governo; violência continua

06/04/2004 - Curdo Jalal Talabani é o novo presidente do Iraque

08/10/2004 - Bush insiste: derrubar Saddam foi "a coisa certa"

30/06/2004 - Ministro iraquiano defende execução de Saddam

30/06/2004 - Governo do Iraque assume amanhã custódia de Saddam

01/06/2004 - Conselho de Governo do Iraque se dissolve

16/12/2003 - Prisão de Saddam Hussein - por que este fato se encaixa no contexto do final dos tempos?

Últimas Notícias