Notícia do jornal "O Estado de São Paulo" de 6 de setembro de 2007

http://www.estadao.com.br/internacional/not_int47618,0.htm

Irã diz ter fechado acordo sobre usina nuclear; Rússia nega

TEERÃ, IRà- O Irã afirmou na quinta-feira que havia acertado um cronograma com a Rússia para colocar em funcionamento a primeira usina de energia nuclear do país islâmico.

Mas uma autoridade russa disse que as negociações com os iranianos ainda não tinham sido concluídas.

O principal negociador do Irã para as questões nucleares, Ali Larijani, afirmou, segundo uma rede de TV do país, que "bons acordos" haviam sido selados com o governo russo tendo em vista a inauguração da usina de Bushehr. Larijani não forneceu detalhes sobre quando isso aconteceria.

O momento da entrada em operação da usina de energia guarda peso simbólico porque Bushehr é vista pelos EUA como um importante elemento do programa nuclear do Irã. Esse programa, segundo potências ocidentais, serviria de fachada para o desenvolvimento de armas atômicas. Os iranianos dizem que seu programa é pacífico.

Em Moscou, a empresa encarregada de construir a usina no sudoeste do Irã afirmou que as negociações não haviam chegado ao fim.

"As negociações continuam em andamento e ainda não obtivemos os resultados desejados. Sendo assim, não posso confirmar essa informação", afirmou Irina Yesipova, porta-voz da Atomstroiexport.

Citando o atraso no pagamento de várias parcelas, a Rússia deixou de cumprir prazos durante a construção da usina, que deveria começar a funcionar em setembro de 2007.

Uma outra empresa russa que participa das obras afirmou não há como Bushehr entrar em operação antes da segunda metade de 2008.

Tradicionalmente, considera-se a Rússia a potência mundial mais próxima dos iranianos. Mas a demora em concluir a construção da usina de energia esfriou a relação entre os dois países.

O governo russo afirma não haver indícios de que o Irã tente desenvolver a capacidade de fabricar armas nucleares. O problema, segundo a Rússia, tem sido o atraso no pagamento das obras.

Autoridades iranianas dizem que pagaram todas as parcelas em dia e que os russos vêm atrasando a conclusão do projeto devido às pressões realizadas por potências ocidentais.

Segundo autoridades russas do setor atômico, carregamentos de combustível nuclear teriam de ser enviados para Bushehr, um projeto iniciado pelo Irã nos anos 70, ao menos seis meses antes de o reator ser ligado.

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

Segue mais uma prova irrefutável da aliança entre Rússia e Irã, o que está dando forma e amadurece a profecia bíblica de Ezequiel 38. A Rússia, apesar de se mostrar contra o desenvolvimento de armas nucleares por parte do Irã perante o público, na verdade cedeu o próprio território para auxiliar o Irã em sua caminhada rumo à bomba atômica.

Juntando essas evidências às declarações anti-semitas do presidente iraniano, vemos claramente que existe uma trama para se tentar atacar Israel agora, no fim dos tempos.

O profeta Ezequiel escreve sobre uma aliança inimiga em Ezequiel 38 que tentará invadir Israel no final dos tempos. Ezequiel 38:2-6 diz o seguinte:

"Filho do homem, dirige o teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque, e Tubal, e profetiza contra ele. E dize: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal. E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos, e te levarei a ti, com todo o teu exército, cavalos e cavaleiros, todos vestidos com primor, grande multidão, com escudo e rodela, manejando todos a espada. Persas, etíopes, e os de Pute com eles, todos com escudo e capacete Gômer e todas as suas tropas; a casa de Togarma, do extremo norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo."

Segundo os historiadores, estes povos correpondem a:

Gogue e Magogue: Rússia
Persas: Países Árabes (inclusive o Irã)
Etíopes ou Cuxe: Etiópia
Pute: Líbia
Gômer e Togarma: Turquia e Irã, pois estes povos correspondem aos territórios destes destes dois atuais países

Fiquemos atentos, porque a Bíblia não especifica se a profecia de Ezequiel 38 terá lugar antes ou depois do Arrebatamento. Isso significa, sem sombras de dúvida, de que o Arrebatamento está na iminência de ocorrer.

Nota: Queremos deixar claro que não temos nada contra o povo iraniano ou qualquer outro povo de origem árabe ou russa. Os acontecimentos aqui citados dizem respeito a governos, líderes, manobras políticas vindas de governantes, e não ao povo em geral. Nosso papel é alertar a respeito do cumprimento das profecias bíblicas que antecedem o Arrebatamento, a Tribulação e o Aparecimento Glorioso de Cristo.

Clique aqui e aprenda mais sobre este sinal do fim dos tempos.

Estude os sinais do tempo do fim, clicando aqui.

A Paz do Senhor a Todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

23/05/2007 - Irã desafia ONU e intensifica programa nuclear, diz AIEA

18/04/2007 - Ahmadinejad ameaça 'cortar as mãos' de agressores do Irã

25/01/2007 - Irã admite ter recebido mísseis de proteção aérea da Rússia

11/12/2006 - Presidente diz que Irã chegará ao topo da tecnologia nuclear

20/10/2006 - "Israel foi criado para engolir a região", diz Ahmadinejad

25/09/2006 - Vice-presidente do Irã viaja à Rússia para assinar acordo nuclear

23/08/2006 - Resposta "complexa" do Irã pode causar racha no Conselho de Segurança

03/08/2006 - Presidente do Irã diz que solução do Oriente Médio é fim de Israel

01/08/2006 - Irã rejeita resolução da ONU sobre urânio

02/05/2006 - Irã anuncia novo processo nuclear e ameaça Israel

24/04/2006 - Irã considera retirada de Tratado de Não-proliferação Nuclear

12/04/2006 - EUA querem "fortes medidas" contra o Irã

15/03/2006 - Irã anuncia acordo com a Rússia para encerrar polêmica nuclear

20/02/2006 - Irã e Rússia iniciam negociações sobre programa nuclear

11/01/2006 - EUA e Europa criticam retomada de programa nuclear do Irã

14/12/2005 - Presidente iraniano diz que Holocausto é um mito

17/11/2005 - Irã reconhece que satélite é capaz de espionar Israel

27/10/2005 - Presidente do Irã diz que Israel é "mancha vergonhosa"

27/04/2005 - Vladimir Putin chega a Israel em visita histórica

24/03/2005 - Kadafi ridiculariza israelenses e palestinos em cúpula árabe

01/03/2005 - Rússia se diz obrigada a ajudar programa nuclear iraniano

18/02/2004 - Putin promete mais e melhores armas para a Rússia

19/12/2003 - Kadafi promete abandonar armas proibidas, diz Blair

Últimas Notícias