Notícia do jornal "Folha de São Paulo" de 13 de setembro de 2007

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u328137.shtml

Explosão mata xeque sunita aliado aos EUA no Iraque

Um atentado matou nesta quinta-feira o xeque Abdul Sattar Abu Risha --figura proeminente na revolta de líderes tribais contra a rede terrorista Al Qaeda no Iraque apoiada pelos Estados Unidos, segundos forças de segurança dos EUA e do Iraque.

Risha e dois de seus guarda-costas foram mortos por uma bomba colocada perto da casa do líder tribal em Ramadi, capital da Província de Anbar, segundo o coronel Tareq Youssef, supervisor de polícia da região.

O xeque era líder do Conselho de Salvação de Anbar, uma aliança de clãs que apóia o governo do Iraque e as forças americanas. Risha levava sua luta contra a rede terrorista de maneira pessoal, motivado, em parte, pelo fato de membros da Al Qaeda terem assinado muitos familiares próximos. O xeque era conhecido por ser uma personalidade carismática.

Após o atentado, a polícia anunciou estado de emergência em Ramadi e estabeleceu postos de checagem adicionais pela cidade.

EUA - Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado, mas a suspeita recai na Al Qaeda no Iraque, segundo militares americanos. Não está claro como a morte de Risha pode afetar os esforços dos EUA para organizar a rede de sunitas contra o terror, segundo a Associated Press.

Dois oficiais do Pentágono, que deram depoimentos anonimamente à Associated Press, afirmaram que o assassinato é um grande revés para a política dos EUA no Iraque, pois envia uma mensagem clara para quem se coloca contra a rede terrorista.

Durante a visita surpresa de Bush neste mês à base aérea de Al Asad, Bush falou da coragem de Risha e outros em lutar contra a organização liderada por Osama bin Laden.

A Província de Anbar é um considerada um exemplo de progresso no Iraque pelo comandante das forças do Iraque, general David Petraeus. Nesta semana o militar está em Washington, onde, junto com o embaixador dos EUA no Iraque, Ryan Crocker, apresenta um relato sobre a situação no país do Oriente Médio ao Congresso americano.

Repercussão - Risha já havia sido ameaçado diversas vezes pela Al Qaeda, mas ultimamente andava com menos guarda-costas, devido à melhora na segurança na região. Logo após a morte do líder, sites islâmicos radicais colocaram mensagens de comemoração e com ofensas ao xeque.

Os habitantes de Ramadi se referiam ao líder como como "herói" nas ruas da cidade.

"Nós pudemos reabrir nossas lojas e mandar nossas crianças novamente para a escola", disse Alaa Abid, 30.

"Agora estamos com medo de que os dias da Al Qaeda voltam à nossa cidade", afirmou Abid.

Um membro do grupo de Abu Risha, xeque Jubeir Rashid, disse que o assassinato foi um ato criminoso e também culpou a Al Qaeda.

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

Percebam que o Iraque continua gerando problemas sérios e instabilidade no Oriente Médio. O Iraque continua sem identidade e sem um governo definido desde a captura de Saddam Hussein, em 2003. Esse é praticamente o cenário que receberá o anticristo em seu governo mundial durante os sete anos de Tribulação. O anticristo estabelecerá a sede política seu governo mundial na Babilônia reconstruída.

Uma observação importante: a Babilônia, situada a 80km ao sul de Bagdá, aparece muitas vezes no livro do Apocalipse como a cidade-sede do governo do anticristo. Algumas linhas teológicas até sugerem que a "Babilônia" mencionada não seria literalmente a Babilônia, situada no Iraque, mas alguma cidade no mundo que tenha forte economia e estrutura para uma sede de governo mundial. Porém, os eventos indicam se tratar de uma Babilônia literal, em conformidade com o que diz a Palavra de Deus. Não é por acaso que o Iraque tem sido centro das atenções mundiais nos últimos 4 anos. Os acontecimentos sérios no Iraque, mesmo após a morte de Saddam Hussein, comprovam o fato.

A Babilônia já foi reconstruída por Saddam Hussein e aberta ao público desde 1983. O anticristo entrará no cenário mundial em breve propondo e realizando falsos sinais, soluções mirabolantes e provavelmente apaziguará todo este conflito no Oriente Médio, enganando a todos e se passando por um excelente diplomata. A situação atual Oriente Médio contribui para a aceleração do cumprimento das profecias bíblicas no tocante ao Final dos Tempos.

Percebam que os sinais continuam acontecendo e convergindo para exatamente o que está escrito na Palavra de Deus.

Três são os passos para o anticristo estabelecer o governo mundial a partir da Babilônia, no atual Iraque. Os passos 1 e 2 da profecia já foram realizados. Resta somente o passo 3, que se cumprirá após o Arrebatamento da Igreja:

  1. A saída de Saddam Hussein do cenário político mundial - passo concluído com a prisão de Saddam e confirmado com sua execução;
  2. A formação do novo governo iraquiano - passo já concluído com o novo governo provisório (pós-queda de Saddam Hussein) e depois consolidado com as eleições gerais de 12 de dezembro de 2005;
  3. O surgimento do anticristo, seu levante como governador mundial estabelecendo Babilônia como sede mundial governamental - próximo passo a ser concluído - a instabilidade no Iraque prova que o caminho está mesmo aberto, já que os americanos se mostraram ineficientes em restabelecer a paz no Iraque

Mas há também uma ótima notícia: Jesus Cristo, o Legítimo Ungido, em seu Aparecimento Glorioso, derrotará o anticristo fulminantemente e estabelecerá seu reino milenar de paz sobre a terra. Jesus assim disse em Mateus 28:18:

"E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra."

Aceite Jesus em sua vida como seu Único Senhor e Salvador, e seja mais que vencedor, assim como Ele é!

A Paz do Senhor a todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

19/06/2007 - Mortos no Iraque chegam a 8.073 em 2007 com ataque de hoje

30/12/2006 - Saddam Hussein é executado na forca

13/12/2006 - Saddam será executado e enterrado em segredo, diz jornal

05/11/2006 - Saddam condenado à morte por enforcamento

01/11/2006 - Iraque está a beira do caos, afirma documento militar

26/07/2006 - Saddam pede para ser morto a tiros em caso de condenação

21/06/2006 - Advogado de Saddam é assassinado em Bagdá

06/12/2005 - Iraque adota medidas de segurança para as eleições

23/06/2005 - Atentados em série deixam 15 mortos no Iraque

25/04/2005 - EUA pressionam Iraque a formar governo; violência continua

06/04/2004 - Curdo Jalal Talabani é o novo presidente do Iraque

08/10/2004 - Bush insiste: derrubar Saddam foi "a coisa certa"

30/06/2004 - Ministro iraquiano defende execução de Saddam

30/06/2004 - Governo do Iraque assume amanhã custódia de Saddam

01/06/2004 - Conselho de Governo do Iraque se dissolve

16/12/2003 - Prisão de Saddam Hussein - por que este fato se encaixa no contexto do final dos tempos?

Últimas Notícias