Notícia do jornal "Folha de São Paulo" de 26 de abril de 2009

França e Nova Zelândia investigam suspeitas de infecção por gripe suína

A França e a Nova Zelândia anunciaram neste domingo (26) que estão investigando casos de suspeita de gripe suína, que já atingiu Estados Unidos e México, onde a doença pode ter matado cerca de 80 pessoas --há 20 mortes confirmadas.

Na Nova Zelândia, um grupo de dez estudantes pode ter contraído a gripe durante uma viagem ao México. O ministro da Saúde do país, Tony Ryall, afirmou que não há casos confirmados, mas exames preliminares detectaram a presença de um vírus da gripe que contém a cepa H1N1 - uma variação desse vírus é apontado como o causador da doença.

De acordo com Ryall, nenhum dos estudantes está gravemente doente e, aparentemente, todos estão se recuperando. Os dez suspeitos de estarem com gripe suína fazem parte do grupo de 25 universitários e três professores que ontem foram colocados em quarentena assim que chegaram à Nova Zelândia.

O grupo, que chegou do México, foi isolado porque 13 de seus integrantes apresentaram sintomas similares aos da gripe durante a viagem de volta. Como medida de precaução, todos foram submetidos a exames.

Já a França examina dois casos suspeitos de gripe suína, em pessoas que viajaram ao México. O diretor-geral de Saúde, Didier Houssin, não deu detalhes sobre a suspeita, mas afirmou que, dado o tráfego de pessoas entre França e México, "não vão faltar outros casos".

As autoridades do país criaram um centro de crise do ministério da Saúde para acompanhar a situação no México e seus possíveis reflexos na França. O Instituto Nacional de Vigilância Sanitária criou um mecanismo de alerta para detectar e verificar suspeitas de infecção.

Na Ásia, que sofreu com a epidemia de epidemia de Sras (Síndrome Respiratória Aguda Severa) em 2003, países estão em alerta neste domingo. O Japão reforçou o controle nos aeroportos para passageiros vindos do méxico e a China estuda implementar medidas de inspeção e quarentena para prevenir a disseminação da doença.

Aulas suspensas - Em razão do surto da gripe suína, os colégios da Cidade do México ficarão fechados até 6 de maio. A medida afeta cerca de 7,5 milhões de estudantes e 420 mil professores distribuídos em 30 mil escolas.

Até o momento, a doença deixou 20 mortos no país, embora o número de mortes suspeitas chegue cerca de 80 e o de pessoas hospitalizadas com sintomas some mais de 1.300.

O ministro do Trabalho, Javier Lozano, recomendou aos empresários avisar à secretaria (ministério) de Saúde caso algum trabalhador apresente sintomas. Além disso, pediu que mantenham serviços higiênicos adequados.

Lozano ainda solicitou aos empresários "flexibilidade" em relação aos trabalhadores que não tenham com quem deixar seus filhos.

O governo mexicano também decretou estado de emergência para combater a doença. O decreto prevê que funcionários do governo poderão entrar em qualquer imóvel público ou privado do país como parte das medidas estipuladas para fazer frente ao surto de gripe.

Sem missa - O arcebispado da Cidade do México anunciou a suspensão a partir deste domingo, de todas as missas na capital mexicana. "Estão suspensas todas as missas até novo aviso em todas as paróquias e capelas da cidade", afirmou à emissora Rádio Centro o responsável pela área de Rádio e Televisão do arcebispado, José de Jesús Aguilar. Segundo Aguilar, a medida foi resultado de um acordo entre o cardeal Norberto Rivera e a Secretaria (Ministério) de Saúde. A decisão, explicou, não significa o fechamento das igrejas caso algum fiel queira ir rezar.

Nova York suspeita - Nos Estados Unidos, por enquanto, foram confirmados sete casos na Califórnia, dois no Texas e dois no Kansas. Mas os olhos estão voltados para Nova York, a cidade mais populosa do país e onde existe a probabilidade de que haja um foco entre alunos do centro de ensino médio San Francis, no Queens.

Na sexta-feira, 75 estudantes do colégios, alguns dos quais tinha viajado ao México recentemente, começaram a sofrer enjoos, náuseas, febre e dores. Após submetê-los a um exaustivo exame médico, o Comissário de Saúde de Nova York, Thomas Frieden, disse ontem em entrevista coletiva que o exame de oito deles tinha dado positivo para o vírus da gripe tipo A, o mesmo da gripe suína. Os resultados definitivos devem sair hoje.

A cidade, segundo os especialistas em saúde, é uma cidade especialmente propícia para a propagação de epidemias por causa de seus sistemas de transporte maciços e aglomerações em ruas e espaços públicos, como teatros, estações, e museus.

Sintomas - Os sintomas da gripe suína, um variante da tradicional cepa H1N1 que sofreu mutação dos porcos para os humanos, são febre superior a 39ºC, que se apresenta de maneira repentina, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e de articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal. Recomenda-se a utilização de máscara, não cumprimentar com a mão nem com beijo e evitar as aglomerações de pessoas.

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

Além da gripe aviária, provocada pelo vírus H5N1, este novo vírus da gripe suína também causa alerta mundial. Países como Estados Unidos e México já declararam que não conseguirão conter uma pandemia, caso ela ocorra. Este novo vírus não se manifesta nos porcos, mas nos humanos, e possui traços genéticos provenientes de vírus que atuam em suínos - daí o nome de Gripe Suína.

Na década de 60, outra variação da gripe suína matou cerca de 1 milhão de pessoas no leste asiático.

Esse vírus mortal está cumprindo à risca uma das profecias acerca dos sinais do tempo do fim ditos por Jesus, conforme está em Lucas 21:11:

"e haverá em vários lugares grandes terremotos, e pestes e fomes; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu."

O que queremos mostrar com tudo isto não é o pânico por conta do vírus, porque Jesus cura qualquer enfermidade. O que queremos alertar é que é tempo dos cristãos vigiarem e orarem a Deus sem cessar.

Todos os sinais (definitivamente TODOS) estão acontecendo e o cenário para o Arrebatamento já está montado. Os próximos anos são de intensificação da batalha espiritual para livrar almas dos grilhões inimigos até o dia do Arrebatamento. E oferecer resistência ao inferno é tarefa da Igreja (Tiago 4:7).

Clique aqui e aprenda mais sobre este sinal do fim dos tempos. Estude os sinais do tempo do fim, clicando aqui.

A Paz do Senhor a Todos!

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

06/01/2009 - China confirma morte de mulher por vírus da gripe aviária

05/12/2008 - ONU diz que surto de cólera no Zimbábue é o pior da história

26/06/2008 - Epidemia de Aids deve ser tratada como 'catástrofe', diz Cruz Vermelha

23/04/2008 - Rio já vive pior epidemia de dengue da história

10/04/2008 - Cidades do Uruguai e Argentina formam comissão binacional contra dengue

08/01/2008 - Cientistas identificam mecanismo que pode tornar gripe aviária em pandemia

05/10/2007 - Infecção humana por gripe aviária se tornou mais fácil

04/09/2007 - Rússia registra 3º caso de gripe aviária em 2007

08/05/2007 - Chegam a 75 as mortes por gripe aviária na Indonésia

19/03/2007 - Novo foco de gripe aviária é detectado na Tailândia

22/01/2007 - Jacarta sacrifica um milhão de aves por causa da gripe aviária

22/12/2006 - Nova pandemia de gripe letal poderia matar 81 milhões

11/04/2006 - Indonésia registra novo caso de gripe aviária em humanos

22/02/2006 - Gripe aviária tem disseminação sem precedentes

08/02/2006 - Gripe aviária mata 15 mil frangos em um dia na China

02/02/2006 - Indonésia registra 15ª morte por gripe aviária

18/01/2006 - Turquia confirma mais um caso de gripe aviária

24/11/2005 - Pandemia de gripe aviária teria rápida expansão

10/11/2005 - Identificado mais um foco de gripe aviária na China

18/10/2005 - Gripe aviária será pandemia humana, afirma OMS

14/10/2005 - Gripe aviária causa apreensão internacional

11/10/2005 - Gripe aviária deixa União Européia em alerta

05/10/2005 - Sars é transmitida por morcegos, afirmam cientistas

30/09/2005 - Gripe aviária pode matar 150 milhões de pessoas, alerta a ONU

16/09/2005 - Gripe aviária faz quarta morte na Indonésia

30/08/2005 - Encefalite japonesa mata 292 pessoas na Índia

18/08/2005 - Gripe aviária: suspeita de casos em nova região da Rússia

11/07/2005 - Vacina chinesa contra Aids entra em fase de testes

04/07/2005 - Especialistas previnem sobre pandemia da gripe aviária

15/06/2005 - Vietnã registra mais sete casos de gripe aviária

07/06/2005 - Cientistas anunciam vacinas contra ebola e Marburg

26/03/2005 - Marburg chega a Luanda com 5 casos detectados, três mortos

04/03/2005 - Vacina contra gripe do frango será testada em seres humanos

25/02/2005 - Confirmados dois novos casos de gripe do frango no Vietnã

14/02/2005 - Médicos suspeitam ter achado HIV super-resistente

04/02/2005 - Japão confirma o primeiro caso do mal da vaca louca

28/01/2005 - Gripe aviária: Vietnã confirma contaminação de mais duas pessoas

22/12/2004 - Gripe aviária: Japão confirma 1º caso de pessoa infectada com vírus

01/12/2004 - Aids na Rússia pode matar 100 mil em 1 ano, diz 'Moscow Times'

26/10/2004 - Tailândia anuncia morte de adolescente por gripe avícola

28/09/2004 - Confirmada morte por gripe aviária na Tailândia

15/09/2004 - Britânicos criam teste para gripe do frango em humanos

12/08/2004 - Vírus da gripe do frango mata 3 pessoas no Vietnã

08/07/2004 - Aids: número de infectados aumenta em todo o mundo

22/06/2004 - Médicos descobriram vírus da Sars em lágrimas

16/06/2004 - Surto de ebola mata sete no Sudão

27/05/2004 - Teste de vacina contra Sars tem resultado 'otimista'

16/02/2004 - Asiáticos fazem reunião de emergência sobre gripe avícola

26/01/2004 - Cingapura e Malásia adotam medidas contra gripe avícola

Últimas Notícias