Notícia do portal "Globo.com" de 7 de fevereiro de 2017

Líder supremo iraniano diz a Trump que 'nenhum inimigo pode paralisar' o Irã

Coreia do SulO líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, rejeitou o alerta feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para Teerã interromper os testes de mísseis e pediu aos iranianos para responderem às "ameaças" de Trump na sexta-feira (10), no aniversário da Revolução de 1979, segundo a Reuters.

"Nenhum inimigo pode paralisar a nação iraniana", disse Khamenei, segundo seu site oficial, em encontro com comandantes militares em Teerã, em seu o primeiro pronunciamento do líder iraniano desde a posse de Trump.

"[Trump] diz 'vocês deveriam ter medo de mim'. Não! O povo iraniano irá responder suas palavras em 10 de fevereiro [aniversário da Revolução] e irá mostrar sua posição contra tais ameaças".

Para Ali Khamenei, Trump mostra a "real face" dos Estados Unidos. "Estamos gratos por ter facilitado nossa vida quando ele mostrou a verdadeira face da América. Durante sua campanha eleitoral e depois disso, ele confirmou o que estamos dizendo há mais de 30 anos sobre a corrupção política, econômica, moral e social no sistema de governo dos EUA", declarou Khamenei, segundo a Reuters.

Nesta terça, Trump voltou a criticar o acordo nuclear feito com o Irã pelo seu antecessor, Donald Trump. “Eu não conheço Putin, não tenho negócios na Rússia, e os opositores estão ficando loucos - mas Obama pode fazer um acordo com o Irã, número 1 no terror, não há problema!”, afirmou nesta manhã Trump em seu Twitter.

Teste de míssil - Na quarta-feira (1º), o ministro da Defesa iraniano, general Hossein Dehghan, confirmou a realização de um teste de míssil, mas negou que ação constituísse uma violação do acordo nuclear.

Donald Trump na quinta-feira (2) ter advertido formalmente o Irã por seu recente teste de míssil, uma ação estimulada, segundo ele, pelo "desastroso" acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano.

"O Irã foi formalmente ADVERTIDO por ter lançado um míssil balístico. Deveria agradecer ao desastroso acordo que os Estados Unidos assinaram com eles!", afirmou Trump no Twitter, repetindo os comentários similares do assessor de Segurança Nacional, Michael Flynn.

Em retaliação, o governo americano anunciou na sexta-feira (3) que vai aplicar novas sanções contra o país. Em um comunicado em seu site, o Tesouro dos EUA listou 13 indivíduos e 12 organizações suspeitos de apoiar logisticamente os mísseis balísticos iranianos que serão alvo das sanções. Algumas são baseadas nos Emirados Árabes Unidos, no Líbano e na China.

Comentário: (clique sobre os textos em destaque para mais informações)

Saiba mais sobre o sinal das guerras e rumores de guerras clicando aqui

Saiba mais sobre os sinais do tempo do fim clicando aqui

A Paz do Senhor a todos!  

Notícias anteriores relacionadas ao mesmo tema:

23/08/2015 - Coreias retomam diálogo para tentar evitar confronto militar

31/03/2013 - Kim Jong-un defende ampliação do arsenal nuclear da Coreia do Norte

10/03/2013 - Pyongyang ameaça Coreia do Sul e EUA com 'guerra sem quartel'

02/07/2009 - Coreia do Norte lança mísseis de curto alcance, diz Coreia do Sul 

27/05/2009 - URGENTE: Alerta de Oração pelas Coreias do Norte e do Sul

25/05/2009 - Coreia do Norte faz segundo teste nuclear e lança mísseis

26/08/2008 - Rússia poderá responder militarmente ao escudo anti-mísseis

04/01/2008 - Agentes britânicos chegam ao Paquistão para investigar morte de Bhutto

12/12/2007 - Triplo atentado no Iraque deixa ao menos 26 mortos

13/09/2007 - Explosão mata xeque sunita aliado aos EUA no Iraque

19/06/2007 - Mortos no Iraque chegam a 8.073 em 2007 com ataque de hoje

30/12/2006 - Saddam Hussein é executado na forca

13/12/2006 - Saddam será executado e enterrado em segredo, diz jornal

05/11/2006 - Saddam condenado à morte por enforcamento

01/11/2006 - Iraque está a beira do caos, afirma documento militar

26/07/2006 - Saddam pede para ser morto a tiros em caso de condenação

21/06/2006 - Advogado de Saddam é assassinado em Bagdá

06/12/2005 - Iraque adota medidas de segurança para as eleições

23/06/2005 - Atentados em série deixam 15 mortos no Iraque

25/04/2005 - EUA pressionam Iraque a formar governo; violência continua

06/04/2004 - Curdo Jalal Talabani é o novo presidente do Iraque

08/10/2004 - Bush insiste: derrubar Saddam foi "a coisa certa"

30/06/2004 - Ministro iraquiano defende execução de Saddam

30/06/2004 - Governo do Iraque assume amanhã custódia de Saddam

01/06/2004 - Conselho de Governo do Iraque se dissolve

16/12/2003 - Prisão de Saddam Hussein - por que este fato se encaixa no contexto do final dos tempos?

Últimas Notícias